quarta-feira, 8 de julho de 2009

(...suspiro) Ai ai

O "MEU" filme eleito. Uma música linda, linda.
O resultado?

Epá, não me batam, ok?
Eu adoro este filme e o conceito por trás da história.
É a cair para o lamechas? I don't care!!!
Gosto da ideia de um mundo de possibilidades que se conjugam num imenso caleidoscópio para nos dar a hipótese no momento certo e altura certa. E ainda mais da ideia da segunda chance sem interessar o porquê de não se ter aproveitado a primeira.
Não fiquem por causa disto a achar que sou alguma Rapunzel sentada à janela da sua torre à espera do brave sir knight prometido. Eu cá sou mesmo uma Brites a desancar invasores com a pá do forno. Ou, se quiserem entrar no reino da fantasia, Éowyn de espada-e-escudo por aquilo em que acredita.
(Mas se calhar sou assim porque já conheci muitos, muitos sapos que nunca teriam hipótese de ser príncipes de coisa nenhuma ...)

Hoje só quis mesmo lembrar-vos este filme e dar-vos a conhecer esta canção. A mais bonita que já ouvi nos últimos tempos - e como não é assim tão recente não anda a passar na rádio a torto e a direito até enjoar (embora não me lembre de a ter ouvido quando foi lançada em 2004).

[E se não gostarem, batatas! Eu gosto e mai nada!!!]