terça-feira, 11 de novembro de 2008

Passeio

Uma pequena mudança de ares depois do almoço fez-me maravilhas ao astral ... tinha que sair de qualquer forma e aproveitei para estender o passeio à Quinta da Marinha. O sol derramando-se como prata líquida no mar, o verde intenso das árvores ... de vez em quando sabe bem relembrar porque é que não tenho mesmo vontade nenhuma de voltar a trabalhar em Lisboa.


Se pudesse tinha tirado a tarde para ficar ali, simplesmente sentada a olhar para o céu azul e aquele mar calmo e espelhado que tem o condão de me enfeitiçar completamente. Seria um dia perfeito ...

2 comentários:

Ricardo disse...

Compreendo... também já tenho saudades dos espaços vastos do Alentejo. Há contras (muitos) mas certos prós são difíceis de ultrapassar.

MT disse...

Ui como percebo...As saudades que eu tenho do mar....ou às vezes já nem sou tão exigente, bastava ver água. Poder passear na hora de almoço é algo que já nem me lembro. E sim também eu tenho saudades de olhar e ver a planície Alentejana.
O que tem de ser tem muita força e para já trabalhar em Lisboa é que é a realidade mas esse passeio causou inveja causou (positiva).